Fundação de Ação Social de Curitiba

Skip Navigation Links

Incêndio atinge unidade que atende população de rua e FAS realoca abrigados

  • Incêndio atinge unidade que atende população de rua e FAS realoca abrigados 01
  • Incêndio atinge unidade que atende população de rua e FAS realoca abrigados 02
Publicado em 21/12/2019 Imagem: Divulgação imagem conteudo

Incêndio atinge unidade que atende população de rua e FAS realoca abrigados 01

Um incêndio atingiu a unidade de acolhimento Campina do Siqueira, da Fundação de Ação Social (FAS), na manhã deste sábado o (21/12). A unidade abriga pessoas em situação de rua. No momento havia 54 acolhidos no local e funcionários. Apenas um abrigado teve uma escoriação no braço ao tentar manusear um hidrante e precisou de um curativo, feito pela equipe médica.

O fogo começou por volta das 8h15 e destruiu um quarto. No momento todos os acolhidos estavam no café da manhã. Ainda não se sabe o que provocou as chamas, mas a suspeita é que o fogo tenha começado no telhado, segundo o comandante da ação, tenente Hanauer.

Ao perceberem a fumaça, o Corpo de Bombeiros foi acionado. Dois caminhões e duas ambulâncias foram deslocados até o endereço, como forma de prevenção, em função da quantidade de pessoas que havia na unidade.  Eles chegaram em aproximadamente 10 minutos e logo controlaram o incêndio. Extintores da unidade também foram usados até a chegada da equipe.

Todos os acolhidos foram levados para o Centro Pop Rebouças, que também oferece atendimento à população em situação de rua e, mais tarde, serão abrigados em duas outras unidades da FAS, na Regional Boqueirão, já com seus pertences. Seis Kombis foram usadas no transporte.

Para o trabalho do Corpo de Bombeiros, o trânsito foi bloqueado na Alameda Júlia da Costa, entre as ruas Major Heitor Guimarães e André Kaviski. Por volta das 10h10, o tráfego de veículos foi liberado.

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520|3350-3500|CEP 81270010|Curitiba - PR|Todos os direitos reservados|Política de Privacidade

Desenvolvido por ICI - Instituto das Cidades Inteligentes