Fundação de Ação Social de Curitiba

Skip Navigation Links

Famílias desabrigadas da Vila 29 de Outubro receberão auxílio-moradia

  • Famílias desabrigadas da Vila 29 de Outubro receberão auxílio-moradia
  • Famílias desabrigadas da Vila 29 de Outubro receberão auxílio-moradia 1
  • Famílias desabrigadas da Vila 29 de Outubro receberão auxílio-moradia 2
  • Famílias desabrigadas da Vila 29 de Outubro receberão auxílio-moradia 3
  • Famílias desabrigadas da Vila 29 de Outubro receberão auxílio-moradia 4
  • Famílias desabrigadas da Vila 29 de Outubro receberão auxílio-moradia 5
Publicado em 06/06/2019 Imagem: Comunicação Social da PMC imagem conteudo

Famílias desabrigadas da Vila 29 de Outubro receberão auxílio-moradia

Os moradores da Vila 29 de Outubro, no Caximba, que tiveram as casas comprometidas pelas fortes chuvas dos últimos dias, receberão da Prefeitura o pagamento de auxílio-moradia. Nesta quarta-feira (5/6), 25 famílias participaram de reunião com técnicas da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) para conhecerem as condições necessárias para receber o benefício.

O auxílio-moradia é ofertado em situações emergenciais para que os moradores possam alugar provisoriamente um outro imóvel, até que as casas do Projeto Bairro Novo da Caximba fiquem prontas.

“São famílias que estavam habitando locais totalmente impróprios para moradia. Para evitar problemas futuros em decorrência de chuvas e garantir amparo a estas pessoas decidimos pagar o auxílio-moradia, pois desta maneira elas ficarão em locais seguros até as moradias definitivas serem construídas”, explica o prefeito Rafael Greca.

Após as fortes chuvas que começaram na quinta-feira (30/5) famílias que moravam mais próximas às cavas ficaram ilhadas devido ao elevado nível da água. Muitas perderam móveis e eletrodomésticos e outras tiveram a moradia afetada.

Na segunda-feira (3/6), equipes da Cohab, Defesa Civil e Regional Tatuquara percorreram a parte mais baixa da vila para cadastrar os moradores em situação mais crítica para que recebessem prioridade no atendimento.

Como funciona

As famílias que aceitarem o auxílio terão suas moradias irregulares demolidas, para evitar que outras pessoas venham a ocupar as casas em local impróprio. Contudo elas terão o direito de retirar antes os materiais que estejam em bom estado e que podem ser reaproveitados.

“Equipes da Cohab prestam atendimento em plantões semanais na vila, para orientar e sanar todas as dúvidas dos moradores da região. Nossas técnicas vão trabalhar para que as famílias possam receber os pagamentos o mais rápido possível”, destaca o presidente da Cohab, José Lupion Neto.

Segurança

A dona de casa Bruna Batista, 24 anos, foi uma das que teve a casa alagada no fim de semana. Ela mora na 29 de Outubro há quatro anos, com o marido e os três filhos. Já tinha enfrentado alagamentos antes, mas desta vez foi pior. “Passava dois dias e a água já baixava, mas desta vez não, continua alagado. Perdemos colchões, roupas e a geladeira”, conta.

O que conseguiu salvar ela deixou na casa da mãe, em uma parte mais alta da vila. Para ela o auxílio-moradia é uma segurança. “Muito melhor ir para outro lugar, porque aqui, quando começa a chover, já entramos em pânico. Vou procurar casa aqui no mesmo bairro ou em Araucária, que é onde minha mãe trabalha. O importante é ter segurança”, afirma.

Bairro Novo da Caximba

A Vila 29 de Outubro é foco do Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo da Caximba, que prevê a construção de 1.147 novas unidades habitacionais para o reassentamento de famílias que vivem em áreas impróprias para habitação, além da implantação de um dique para a contenção de cheias, reestruturação urbana a a construção de um parque linear.

 

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520|3350-3500|CEP 81270010|Curitiba - PR|Todos os direitos reservados|Política de Privacidade

Desenvolvido por ICI - Instituto das Cidades Inteligentes