Fundação de Ação Social de Curitiba

Skip Navigation Links

Idosos celebram a vida e autoestima em festa de Natal

  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 01
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 02
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 03
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 04
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 05
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 06
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 07
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 08
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 09
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 10
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 11
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 12
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 13
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 14
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 15
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 17
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 18
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 19
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 20
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 21
  • Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 22
Publicado em 05/12/2018 Imagem: Ricardo Marajó/FAS imagem conteudo

Festa reúne idosos para celebração da vida e autoestima 01

Apresentações musicais, de dança de salão e de terapias corporais de origem oriental como tai-chi-chuan e lian gong marcaram a confraternização de fim de ano do Centro de Atividades para a Pessoa Idosa (Cati) Ouvidor Pardinho. Com a participação do Papai Noel, a festa aconteceu nesta quarta-feira (5/12), reuniu 200 pessoas no Salão da Paróquia Imaculado Coração de Maria, no Rebouças.

O evento contou ainda com exposições de artesanato mostras de telas pintadas pelos próprios frequentadores do Cati, que é vinculado ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Matriz da Fundação de Ação Social (FAS). A coordenadora do Cras, Amira Youssef, ressaltou que o encontro foi uma celebração da vida e de estimulo a autoestima. ”A confraternização é importante, pois valorizamos os trabalhos realizados pelos idosos e os instrutores voluntários.”

Uma enorme família

Presente à confraternização, a posentada, Elci Maria Busnardo Woisky, 72 anos, participa das atividades do Cati há quatro anos, desde a morte do marido.  “O Cati representa tudo na minha vida, depois que o meu marido faleceu. Encontrei alegria e diversão aqui”, disse emocionada. “É a minha terapia, faz bem para o meu coração, alma e físico.”

Clara Gengnagel, 87 anos, também é frequentadora assídua da unidade. Ela participa das atividades do Cati desde a abertura, em 1999. Ela disse gostar de todas as ações e comemora as amizades que conquistou ao longo dos anos. “Moro sozinha e sinto falta de uma companhia. Nas atividades encontro o que fazer”, afirmou.

Leia Xavier, 63 anos, também encontrou satisfação ao frequentar o Cati Ouvidor Pardinho, mas como instrutora voluntária. Há seis anos ela dá aulas de lian gong, que acontecem uma vez por semana. “Sou aposentada, trabalhei a minha vida inteira e agora posso fazer tudo o que não pude fazer por falta de tempo.”

Várias opções

O Cati Ouvidor Pardinho oferece várias atividades para pessoas idosas. Entre elas estão palestras, dinâmicas e vivências em grupo, terapia do riso, passeio cultural, artesanato, idiomas, yoga, tai-chi-chuan, lian gong, ações solidárias e danças circulares.

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520|3350-3500|CEP 81270010|Curitiba - PR|Todos os direitos reservados|Política de Privacidade

Desenvolvido por ICI - Instituto das Cidades Inteligentes