Fundação de Ação Social de Curitiba

Skip Navigation Links

Organizações que atendem idosos são certificadas para captação de recursos

  • Organizações que atendem idosos são certificadas para captação de recursos 01
  • Organizações que atendem idosos são certificadas para captação de recursos 02
  • Organizações que atendem idosos são certificadas para captação de recursos 03
  • Organizações que atendem idosos são certificadas para captação de recursos 04
  • Organizações que atendem idosos são certificadas para captação de recursos 05
  • Organizações que atendem idosos são certificadas para captação de recursos 06
Publicado em 11/10/2018 Imagem: Ricardo Marajó/FAS imagem conteudo

Organizações que atendem idosos são certificadas para captação de recursos 01

Quatorze organizações da sociedade civil foram certificadas nesta quarta-feira (10/10) pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) para captar recursos financeiros para projetos voltados a pessoas idosas. Todas participaram de um chamamento público aberto pela Fundação de Ação Social (FAS), de 18 de junho a 17 de julho, para inscrição de entidades interessadas.

A entrega dos certificados que autorizam a captação de recursos via destinação de Imposto de Renda de pessoas física ou jurídica foi feita durante reunião do CMDPI. Juntas as 14 organizações apresentaram 40 projetos, divididos em dois lotes, que somam aproximadamente R$ 40 milhões.

A representante do Centro de Assistência Social Divina Misericórdia, Luciana Madureira, que atende 150 pessoas idosas durante o dia, recebeu o certificado em nome das organizações selecionadas. “Agradecemos todo esse apoio tão importante para as prestadoras de serviços”, disse.

Para o presidente do CMDPI, Anderson Straub, a captação de recursos é imprescindível para as organizações da sociedade civil. “São recursos importantes principalmente para o custeio e investimentos em melhorias”, ressaltou.

O superintendente executivo da FAS, Luciano Martins, destacou que os certificados demonstram um esforço coletivo que vem sendo feito para dar agilidade aos processos e garantir que as organizações tenham acesso a recursos importantes para a manutenção de serviços. Ele lembrou ainda da importância do controle social desempenhado pelos conselhos de direitos. 

Parceria

Os projetos apresentados pelas organizações estão divididos em dois lotes, sendo que um deles autoriza as entidades a captarem recursos exclusivamente para construção, reforma ou ampliação de espaços. O segundo refere-se a programas, serviços e atividades de atendimento direto à pessoa idosa; ações que promovam medidas de prevenção, bem-estar e saúde; eventos e materiais educativos; capacitações; estudos e pesquisas científicas; atividades esportivas, culturais e de lazer; e custeio da contratação de profissionais ou compra de equipamentos e material permanente, em caso de apoio a ações que garantam o trabalho em rede de secretarias municipais e as organizações da sociedade civil.

As organizações têm prazo de até três anos para a captação de recursos. Para ter acesso aos valores, que serão repassados pelo Fundo Municipal da Pessoa Idosa (FMPI), as entidades precisarão formalizar parceria com a FAS.

 

Confira a lista das OSC certificadas:

Liga Paranaense de Combate ao Câncer

Pequeno Cotolengo – Dom Orione

Ação Social do Paraná

Socorro aos Necessitados

Associação de Assistência ao Excepcional do Paraná

Centro de Assistência Social Divina Misericórdia

Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba

Associação Paranaense de Terapia Familiar

Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas

Pastoral da Pessoa Idosa

Agência Nacional em Mobilidade

Instituto Cidadania e Voluntariado

Associação Fênix

Instituto Paranaense dos Cegos

 

Fundação de Ação Social

Rua Eduardo Sprada, 4520|3350-3500|CEP 81270010|Curitiba - PR|Todos os direitos reservados|Política de Privacidade

Desenvolvido por ICI - Instituto das Cidades Inteligentes